O diretor-executivo do Inter, Rodrigo Caetano, concedeu entrevista coletiva para falar com a imprensa sobre a situação do centroavante Paolo Guerrero.

Caetano explicou que o jogador passa a ter contrato válido a partir de agora, poderá treinar, fazer jogos-treino, mas não pode ter sequer sua imagem explorada pelo clube em ações de marketing.

Neste momento, o dirigente revelou que a direção precisará ajudar o peruano a conter a ansiedade.

“Hoje de manhã eu fui um dos primeiros a receber o Guerrero, e uma das frases que ele mais falou foi: “tem certeza que eu não posso jogar domingo já?” Isso mostra o quanto ele quer jogar, mas nos vamos ter que conter essa ansiedade dele.”

Paolo Guerrero poderá retornar para os gramados apenas no dia 05 de abril. Ele terá condições de entrar em campo nas três últimas partidas da fase de grupos da Libertadores.