Nessa quinta-feira (15), a Polícia Civil prendeu, em Santa Maria, um homem pelos crimes de favorecimento à prostituição e facilitação de adolescente em cena pornográfica. A ação, realizada pela Delegacia de Polícia de Cruz Alta, foi decorrente de mandado de prisão preventiva.

O crime foi denunciado pela mãe de uma das vítimas, que descobriu no celular do filho, um adolescente de 14 anos de idade, mensagens nas quais o preso pedia ao menor fotos íntimas e propunha um encontro em um hotel, em troca de um par de chuteiras.

O preso confessou os crimes e admitiu que costuma iniciar amizades com adolescentes que integravam escolinhas de futebol e sonhavam em serem jogadores, para posteriormente solicitar fotos e tentar manter relações sexuais com os jovens, em troca de presentes, valores em dinheiro ou promessa de carreira profissional.

Segundo o delegado Josuel Muniz, o indivíduo se apresentava como empresário de futebol e mencionou o nome de 26 adolescentes com os quais já obteve fotos e manteve relações sexuais. “O preso confessou que praticou os crimes com outros jovens, mas não recordava os nomes, inclusive adolescentes de outros Estados. Foram verificadas no telefone celular do preso mais de 2.000 fotografias de adolescentes” contou o delegado.

 

Fonte/foto: Polícia Civil RS