A Polícia Civil prendeu um homem por furto de energia na manhã desta quarta-feira (8), em Canoas. O indivíduo é responsável por uma lancheria no bairro Marechal Rondon.

Os policiais trabalharam ao lado de técnicos da empresa RGE para avaliar e detectar a instalação elétrica ilegal na lancheria. Havia uma instalação aos fundos do estabelecimento que abastecia o local sem aferimento do valor consumido. Diante disto, a Polícia deu voz de prisão em flagrante ao responsável da lancheria.

O delegado Luciano Peringer ressalta que o furto de energia por estabelecimentos comerciais está no foco de combate da delegacia, pois, além de gerar grandes perdas na rede de energia, com prejuízos arcados por toda a população, e consequente diminuição de arrecadação de impostos, a conduta gera perigo e instabilidade na rede energética, além de promover concorrência desleal: “aquele que mantem comércio regularmente não consegue competir de forma igualitária com aquele que se vê livre do custo de energia intrínseco à atividade econômica”.

 

Foto: Polícia Civil/Divulgação