Três pessoas foram presas nesta quinta-feira (16), em Lagoa Vermelha, na Serra, suspeitas de integrar uma quadrilha especializada no comércio ilegal de armas de fogo. De acordo com a Polícia Civil, a Operação Clandestinos desarticulou o grupo que atuava em todo o estado.

Responsável pela ação, o delegado André Mendes, contou que foram cumpridos mandados de busca e apreensão municípios de David Canabarro, Sananduva e Cacique Doble.

Foram apreendidas oito armas, sendo três adulteradas, mais de mil munições, além de dois animais silvestres e carne oriunda da caça ilegal.

“Os indivíduos também são suspeitos de atuarem na caça Ilegal de animais silvestres”, relatou Mendes.

 

Foto: Polícia Civil/ Divulgação