Não que Sérgio Moro tenha ido mal em sua participação na audiência ocorrida no Senado. Ele continuou mostrando a mesma temperança e calma de outras ocasiões. Respondeu de forma ponderada, driblou provocações e conseguiu dar estocadas elegantes em contendores despreparados. Mas inegável que o baixo nível da casa ajudou a reforçar seu desempenho. Quando o ex-juiz responsável pela condução da maior operação de investigação da história do país é defrontado por Renan Calheiros, o campeão de inquéritos penais no Supremo Tribunal Federal, é claro que acaba por sair ganhando.

Confira meu comentário no Jornal da RDC:

Acompanhe o Jornal da RDC de segunda a sexta-feira a partir das 22 horas. A apresentação é do jornalista Daniel Fagundes.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil