A Prefeitura de Porto Alegre adota novos protocolos para o público em competições esportivas a partir desta segunda-feira, 13. Entre as mudanças está a autorização de público exclusivamente sentado e com distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas. Também está proibido público acima de 2.501 pessoas.

As alterações estão no decreto 21.160, divulgado em edição extra do Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa) na sexta-feira, 10, e estão de acordo com as determinações estaduais do Sistema 3As – Aviso, Alerta e Ação e o decreto estadual 56.071. Os protocolos variáveis foram definidos em acordo com os municípios que integram a R10: Porto Alegre, Cachoeirinha, Alvorada, Gravataí, Viamão e Glorinha e constam no Plano Regional Estruturado de Prevenção e Enfrentamento à Pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19).

A venda ou distribuição de ingressos devem ser preferencialmente por meio eletrônico. Treinos e jogos coletivos fora de competições precisam de autorização do município.

Confira os novos protocolos para competições esportivas:

  • Público exclusivamente sentado com distanciamento mínimo de 1 metro entre pessoas e/ou grupos de coabitantes.
  • Teto de ocupação de público: 40% das cadeiras ou similares, por setor, até o limite máximo de 2.500 pessoas por estádio/ginásio/similar
  • Reforço na comunicação sonora e visual dos protocolos para público e colaboradores
  • Abertura antecipada dos portões para evitar aglomeração
  • Ordenamento na saída, por setor, para evitar aglomeração na dispersão
  • Presença de monitores, na proporção de 1 para cada 500 pessoas, para fiscalização do cumprimento dos protocolos de distanciamento e uso de máscara

Autorização conforme número de pessoas (público) presentes ao mesmo tempo:

  • Até 400 pessoas: sem necessidade de autorização
  • De 401 a 1.200 pessoas: autorização do município sede
  • De 1.201 a 2.500 pessoas: autorização do município sede e autorização regional (aprovação de no mínimo de 2/3 dos municípios da Região Covid ou do Gabinete de Crise da Região Covid correspondente)
  • Acima de 2.501 pessoas: não autorizado

Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Compartilhe essa notícia: