Os feitos da última rodada vão além do resultado de 5×2 pro lado Colorado. Além do retorno do público, o Internacional também saiu de campo com outro ganho: o time saiu de campo sem nenhum jogador suspenso ou problema físico. 

Na última rodada, Bruno Méndez, Paulo Victor, Heitor, Yuri e Dourado entraram pendurados. Seguramente, o técnico Diego Aguirre promoveu mudanças no intervalo no último domingo, tirando Yuri Alberto, principal jogador da equipe, e o volante Rodrigo Dourado.

Agora, contra o América-MG, na quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, o único desfalque segue sendo o de Edenilson, com a Seleção Brasileira, que retorna no final desta semana, após o último jogo desta convocação, contra o Uruguai, na quinta-feira (14). O que não é um problema para o Colorado atualmente. Maurício mais uma vez entra em campo ao lado de Taison e Patrick, formando uma trinca de meia atuando avançados para entregar a bola nos pés de Yuri Alberto.

Desta forma, será a primeira vez nesta sua passagem pela primeira em 21 jogos (seus 19 jogos pelo Brasileiro + dois das Oitavas de final da Libertadores), que o técnico poderá repetir a mesma escalação duas vezes seguidas.

Além da escalação repetida pela segunda vez, Matheus Cadorini deve receber também a sua segunda chance. O jovem que marcou o quinto gol do Inter em cima da Chape é a primeira opção de banco para Yuri Alberto definitivamente, uma vez que Guerrero pediu dispensa do Internacional.

Assim, o Inter deverá ir a campo mais uma vez com: Daniel; Renzo Saravia, Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso, Mauricio, Taison e Patrick; Yuri Alberto.

Compartilhe essa notícia: