Esta quarta-feira (14) marcou a estreia do Avenida na Copa do Brasil. O time de Santa Cruz do Sul conquistou a vaga na competição ano passado, quando venceu a Copa Wianey Carlet. E valorizou a disputa. Tanto, que no último domingo (10) colocou um time alternativo para enfrentar o Grêmio em partida válida pelo Gauchão e pela Recopa Gaúcha, resultado, 6×0 para o tricolor.

Mas a derrota na Arena virou festa no Estádio dos Eucaliptos. O adversário era complicado, o Guarani de Campinas, que disputa a série B do Brasileirão. Além da tradição e do poder de investimento maior, os paulitas só precisavam de um empate para garantir a classificação para a próxima fase.

E até os minutos finais do jogo, a torcida do Avenida via a vaga escapando, mas pouco antes do apito final, Welder roubou a bola ao lado da área do Guarani e cruzou para Flávio Torres cabecear sem chances para o goleiro Giovanni. Festa nos Eucaliptos.

Agora o Avenida espera a definição da data para enfrentar o Corinthians em São Paulo. Na próxima fase, o regulamento ainda prevê jogo único, mas o visitante não tem mais a vantagem do empate. Se ninguém vencer no tempo normal, a vaga será decidida nos pênaltis.

São José empata e deixa a competição

O desafio para o São José era de primeira divisão, a Chapecoense. Precisando da vitória para seguir na Copa do Brasil, o time de Rafael Jacques partiu para o ataque e criou as melhores chances.

No segundo tempo, a Chape ainda teve Tharlis expulso, mas o São José, mesmo melhor na partida, não conseguiu vencer os catarinenses. Final 0x0 e eliminação gaúcha.

Dirigente na RDC TV

Na terça-feira (12), véspera das partidas, o presidente do Avenida, Guilherme Eich, e o presidente do São José, Flávio Abreu, foram as atrações do 2Toques, da RDC TV. Eles conversaram com Cadu Oliveira e seus convidados, João Carlos Lock, Mário Sergio Martins e Carlos Josias, sobre as disputas.

Veja o programa na íntegra:

 

Foto: Avenida/ Divulgação