Na manhã desta quarta-feira (11), o atleta Ferreirinha do Grêmio foi submetido a uma cirurgia de correção de hérnia inguinal. O procedimento ocorreu como esperado e contou com o acompanhamento do médico do clube.

O atleta vinha sofrendo com dores desde o início da temporada e não atua desde a derrota contra a Chapecoense no dia 15/04. Após uma demora no diagnóstico, o atleta resolveu buscar tratamento por conta própria, o que provocou um atrito com a direção tricolor. A polêmica se intensificou após o atleta ter sido diagnosticado com uma hérnia no tornozelo direito com a necessidade de uma cirurgia, o que não havia sido detectado pelo Departamento Médico do Grêmio.

A cirurgia do jogador já terminou e o clube divulgou em nota que ocorreu tudo bem. A operação foi conduzida pelo doutor Marcus Reusch, acompanhado do médico do clube Paulo Rabaldo. A previsão é que Ferreira volte a atuar em até oito semanas.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Compartilhe essa notícia: