Depois de muita polêmica envolvendo o primeiro gol do Inter na vitória contra o Bahia na última quarta-feira (12), a comissão de arbitragem, comandada por Leonardo Gaciba, resolveu divulgar a tecnologia 3D que usou para validar o gol.

As linhas verticais configuram o recurso tecnológico citado ao longo da noite de ontem. A ideia de Gaciba é mostrar ao público que o angulo usado pela comissão de arbitragem é diferente do ângulo de onde as TVs gravam e transmitem o jogo. Como o ângulo da transmissão está em diagonal, é as linhas servem para calcular o uso correto.

Ainda na noite de ontem, o vice-presidente de futebol do Inter, Roberto Melo, deu a sua opinião sobre o caso: “Acho que o VAR tem evoluído. O lance do impedimento foi bem justo, ajustado. Mas tem evoluído”, opina Melo.” Mesmo assim, o árbitro de vídeo recebeu críticas por parte de Roger Machado, técnico do Bahia: “Sempre fui a favor do VAR. Mas se não há treinamento suficiente, vai ter problema. Não temos árbitros suficientemente preparados para o campo, imagina para o VAR”.

 

Foto: CBF/Divulgação