Foi antecipado para a manhã desta sexta-feira o julgamento dos fatos ocorridos na semifinal da Copa Libertadores da América.

O Grêmio foi notificado às 20h que a audiência, antes marcada para às 13h30 de sábado, acontecerá às 11h de hoje, no Paraguai.

A diretoria tricolor foi obrigada a fretar um jatinho para chegar a tempo. A defesa gremista é composta cinco advogados do clube mais um uruguaio, contratado pela questão linguística.

Serão três julgadores, uma venezuelana, um chileno e um paraguaio.

 

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio