O Grêmio chega pressionado para o confronto desta quinta-feira (02) contra o Vasco, fora de casa. Para complicar, Roger Machado não conta com todos os jogadores, entre eles, o volante Mathías Villasanti que foi convocado para a seleção Paraguaia. Para ser seu substituto, o treinador deve optar por Thiago Santos como o primeiro homem de meio campo.

A questão é a forma que o jogador chega para a partida. Após uma série de altos e baixos com a torcida, o desempenho do jogador foi caindo até perder espaço no elenco. Se ano passado chegou a ser titular em alguns momentos da Série A, neste ano o jogador nem estreou ainda nos 9 jogos da Série B.

Seus números na temporada não são muito surpreendentes. Tendo jogado praticamente apenas o Gauchão, Thiago Santos atuou em apenas 10 partidas no ano, com 4 vitórias, 2 empates e 4 derrotas. Além do estadual, o volante se queimou na única partida do Grêmio pela Copa do Brasil, a fatídica eliminação contra o Mirassol ainda na fase inicial, a qual iniciou como titular.

Contra o Vasco, o jogador ganha uma nova oportunidade de mostrar serviço e conquistar mais espaço no time. Benítez se encontra na mesma situação, mas para equilibrar o time Roger conta com o retorno de Kannemann e Edilson. O jogo ocorre em São Januário, às 20h.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Compartilhe essa notícia: