Nesta quarta-feira (10), a Conmebol divulgou uma entrevista com D’Alessandro. Na conversa, publicada nas redes sociais da Confederação, o argentino falou sobre o sonho realizado no Internacional de vencer a Copa Libertadores da América, em 2010.

“O maior sonho que eu tinha era ganhar a Libertadores. É o título mais importante que nós temos na América Latina. E graças a Deus conseguimos ganhar aqui no Inter, depois de ter ganhado a Sul-Americana”, revelou o ídolo colorado.

O meia também comentou a mudança no futebol e a ausência dos camisas 10 clássicos. “Muitas equipes jogam sem meia, acredito que nunca deixe de existir, mas aqueles antigos 10 são poucos. Tem poucos jogando”, analisou.

Sem falar em aposentadoria, o jogador, que chegou a Porto Alegre em 2008, também falou sobre quem pode ser o seu substituto no Beira-Rio. “Essa passagem de bastão, se eu citar algum nome, eu não quero colocar esta pressão num guri. Mas acho que têm jogadores que no futuro podem assumir tranquilamente”, respondeu.

Mesmo assim, D’Ale optou por citar um colega. “Por ser argentino, vou falar do Sarrafiore, é um guri que chegou ano passado. É um cara que é novo, mas que tá crescendo dia a dia, que está entendendo ainda mais o futebol brasileiro, o futebol sul-americano, o futebol internacional”, elogiou.

Confira a entrevista na íntegra:

 

Foto: Ricardo Duarte/Inter