Natural do Mato Grosso, Daniel estará de volta a sua terra natal. Pelo menos no final de semana. Diante do Cuiabá, o goleiro contará com o apoio de sua família. Titular incontestável com Mano Menezes, o arqueiro ressalta a solidez defensiva e afirma: “a gente precisa vencer”.

Líder da Sul-Americana, o colorado foca agora na Serie A. Com nove pontos, na décima primeira colocação, o Internacional quer se aproximar no G-4 e, dependendo dos resultados da rodada, pode figurar nas quatro primeiras posições. Daniel projetou a partida como difícil: “A equipe que menos errar vai sair vitoriosa”.

O Internacional, com Mano Menezes, tem criado uma solidez defensiva. Em sete jogos com o comando do novo treinador, o colorado levou apenas quatro gols e não foi vazado em 57% dos jogos. Daniel relatou que é importante não sofrer gols, já que assim o time vai criando confiança.  “A gente vem sofrendo poucos gols, o que é uma coisa muito importante, e não pretendo levar mais”, brincou.

Contra o Cuiabá, o arqueiro segue como titular e revela o pedido do treinador: jogar o mais simples possível. “Fazer o simples e o bem feito”, disse.

O Internacional entra em campo no sábado, às 21h, em busca do G-4 da Série A. A tendência é que haja mudanças na equipe, já que Alan Patrick e Pedro Henrique, não inscritos na fase de grupos na Sul-Americana, podem entrar em campo diante do Cuiabá.

Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional

Compartilhe essa notícia: