Reserva imediato de Borja, Diego Souza está livre para atuar contra o Cuiabá após ser absolvido no STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) no julgamento realizado na manhã desta quarta-feira. Na ocasião, o atacante foi julgado por ter retirado o cartão amarelo do árbitro Ricardo Marques Ribeiro, na derrota para o Corinthians, em 28/08. 

O atleta foi enquadrado no artigo 258 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que dispõe “conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva”. De acordo com o relator do processo, o auditor Rodrigo Raposo, “o atleta praticou um ato de extrema indisciplina ao contestar o cartão amarelo cometendo a infração disciplinar.” 

Entretanto, por unanimidade dos votos, o jogador foi absolvido pelos auditores da Terceira Comissão Disciplinar do STJD do Futebol por “impossibilidade técnica e jurídica”, ao entender que o atleta deveria ter sido punido no campo e não no tribunal.

 

Crédito foto: Reprodução/UOL

Compartilhe essa notícia: