| Guilherme Paaz |

Um a zero no sábado e um a zero no domingo, foi assim o final de semana da dupla GreNal. Na primeira rodada do campeonato brasileiro 2020, três pontos importantes, em uma temporada atípica que terminará apenas em fevereiro de 2021.

No sábado, jogando fora de casa e buscando um recomeço após a derrota para o Grêmio na quarta-feira, o Internacional entrou em campo sob pressão. Sexta-feira um grupo de homens realizaram manifestações no CT Parque Gigante, jogando até rojão em direção aos jogadores.

Com Thiago Galhardo no banco de reservas devido ao desgaste dos jogos iniciais, Coudet viu a equipe criando pouco na primeira etapa. Faltando aproximação entre os jogadores, o placar de 0 a 0 só saiu aos 26 do segundo tempo, apenas 4 minutos depois de Thiago Galhardo entrar. O atacante, em jogada individual, entrou pelo lado esquerdo da área e rolou para Paolo Guerrero estufar as redes do Coritiba e garantir os 3 pontos.

No domingo à noite, o Grêmio de ressaca da conquista da última quarta-feira entrou em campo, sem Jean Pyerre, na mesma função, o jovem Isaque. Renato Portaluppi não estava satisfeito com a equipe nos minutos iniciais, já que o tricolor errava muitos passes na hora da criação e via o Fluminense pressionar, obrigando Vanderlei a realizar boas defesas.

Foi aos 44 minutos antes do intervalo que Isaque aproveitou toque de cabeça de Alisson e girou dentro da área para finalizar. A bola sobrou no pé de Diego Souza que não desperdiçou e fez o único gol da partida.

O Grêmio é o primeiro que volta a campo, quarta-feira diante o Ceará fora de casa às 21:30, já o Internacional recebe o Santos na quinta-feira às 19:30.

Crédito foto: Ricardo Duarte/ SC Internacional / RDC TV
Compartilhe essa notícia: