Em um jogo marcado por ser de manhã e no dia dos pais, o colorado começou a partida com poucas oportunidades, e assim foi durante todo o primeiro tempo. Tanto para Inter, quanto para Corinthians. A primeira chegada veio atraves de um cruzamento rasteiro, quando Rithely tirou a bola de dentro da pequena área e a jogou pra escanteio. A resposta colorada veio dois minutos depois, com um cruzamento de D’Alessandro e um voleio, sem deixar a bola cair, de Nonato.

Depois da meia hora inicial, por meio de seus contra-ataques num jogo de domínio defensivo dos dois times, o Corinthians teve dois bons lances. O primeiro em uma cabeçada de Vagner Love e o outro num chute de dentro da área de Junior Urso, mas nenhum fez com que o goleiro colorado, Marcelo Lomba, precisasse trabalhar.

Já no segundo tempo, com os times voltando a campo sem mudanças, o colorado sofreu um susto muito cedo: Marcelo Lomba, de frente com o atacante Vagner Love, tentou dar um chutão e a bola bateu no atacante, mas para sorte do goleiro colorado, foi apenas tiro de meta.

Aos 13 minutos da segunda etapa, o técnico Odair Hellmann decidiu ousar: tirou o seu volante, Rithely, e botou um atacante, Nico Lopez, em campo. Foi por meio dele que o colorado teve a oportunidade do jogo: D’Alessandro deixou Nico na cara do gol, o atacante driblou o zagueiro, mas chutou pela rede do lado de fora do goleiro Cássio.

Nos minutos finais, os dois times dividiram contra-ataques e cruzamentos na área do adversário, mas nenhum lance teve efetividade o suficiente para tirar o 0 do placar.

Depois do empate, o Inter volta a campo apenas no próximo sábado (17), contra o Fortaleza, fora de casa.

Ficha Técnica – INTERNACIONAL 0X0 CORINTHIANS

Data/Hora: 11/08/2019, ás 11h (horário de Brasília).

Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS).

Público/Renda: 36.166/R$1.652.359,00

Arbitragem: Caio Max Augusto (árbitro principal), Kleber Lucio Gil (auxiliar), Eduardo Gonçalves da Cruz (auxiliar), Roger Goulart (quarto árbitro) e Roger Goular (VAR).

Cartões amarelos: Nonato, Nico Lopez (INT), Danilo Avelar e Cássio (COR).

Inter: Marcelo Lomba; Bruno, Moledo, Cuesta e Uendel; Rithely (Nico Lopez, 13’2ºT), Nonato  (Sarrafiore, 38’2ºT) e Patrick; Rafael Sóbis (Wellington Silva, 29’2ºT) e D’Alessandro; Paolo Guerrero.

Corinthians: Cássio; Michel Macedo, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel e Júnior Urso; Pedrinho (Everaldo, 22’2ºT),
Sornoza (Matheus Jesus, 29’2ºT) e Cleyson (Ramiro, 37’2ºT); Vagner Love.

 

 

 

Foto: Ricardo Duarte/Internacional