Depois dos 28 dias da parada da Copa América o Grêmio voltou a atuar, nesta quarta-feira diante o Bahia pelas quartas de final da copa do Brasil, com todos os olhos voltados para Everton que poderia estar fazendo o seu último com a camisa 11 do Grêmio antes de uma venda para Europa o time empatou em 1 a 1 com gols de Everton para o Grêmio e Gilberto para o Bahia.

Renato surpreendeu na escalação, Luan que vinha treinando entre os titulares ficou no banco, em campo o quarteto ofensivo foi formado por Jean Pyerre, Alisson, Everton e André.

A primeira etapa teve poucas oportunidades, Everton aos 33 bateu de fora da área e com desvio a bola passou muito perto da trave, na sequência após cobrança de escanteio Jean Pyerre aproveitando a sobra chutou na trave, mas foi nos acréscimos que após passe de Jean Pyerre Everton foi derrubado na área, pênalti, convertido por Everton.

No segundo tempo logo no início o Bahia empatou com Gilberto, após cobrança de escanteio de Moisés pelo lado direito o atacante aproveitando desvio apareceu livre na segunda trave e só escorou para as redes.

Renato aos 20 minutos tentando mudar a partida tirou Alisson para entrada de Pepe e Jean Pyerre para a entrada do camisa 7 Luan, motivo para ouvir muitas vaias já que o jovem Jean estava bem na partida.

O Bahia com Arthur Vitor pressionou, parou em grandes defesas do goleiro gremista e Renato mais uma vez mudando o time ouviu muitas vaias na substituição mas não pra si, desta vez foi pela péssima atuação de André que deu lugar a Vizeu. O atacante Felipe Vizeu que aos 38 saiu de campo chorando por conta de uma pancada no joelho esquerdo.

Com o resultado fica tudo para próxima quarta-feira na Arena Fonte Nova, jogo de volta que vale a vaga na semi final da Copa do Brasil, mas antes do compromisso o time volta a campo no sábado diante o Vasco na Arena pelo campeonato Brasileiro.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio