O Internacional apresentou o seu último reforço da janela de transferências no início da tarde desta quinta-feira (19). O zagueiro Igor Gomes, ex-Barcelona B, terá no Inter a primeira chance em como profissional no Brasil. Aos 21 anos, o atleta usará a camisa número 21 e se disse motivado: “oportunidade muito boa”.

Além de zagueiro, Gomes já atuou como lateral-direito nos tempos de base. Se destacou na Copa São Paulo com o Volta Redonda e chamou a atenção do Barcelona, onde foi jogar em 2019. “Joguei bastante na base de lateral, mas chegou um período que tive essa função de zagueiro e me adaptei. Gosto de jogar, não tenho preferência. Tenho essa versatilidade, mas importante é estar apto a ajudar a equipe, seja lá em qual posição”, ressalta o zagueiro.

 

No Barcelona, entretanto, o novo reforço colorado teve uma série de lesões que o impossibilitou de receber uma sequência. O zagueiro, quando questionado sobre essa questão revelou: “estou 100% recuperado e apto para estrear”. Gomes tem participado das atividades com o grupo e aguarda uma chance de Mano Menezes para vestir a camisa do Internacional pela primeira vez.

Aos 21 anos, o zagueiro terá no Internacional a primeira chance de jogar como profissional no Brasil. “Para mim é um oportunidade muito boa. Feliz em representar o Inter, um time que ganhou diversos títulos. Tenho esse prazer enorme, pude representar também um grande clube na Europa e volto para o Brasil para vestir uma grande camisa”, disse Gomes.

O novo camisa 21 também revelou conversas com os companheiros de setor do Inter: “Como jovem, busco sempre aprender com os mais experientes do grupo. Para mim é um privilégio ter esses dois como referência da posição. Fico feliz de poder estar no mesmo grupo que eles, Moledo e Mercado são grandes zagueiros”.

Igor Gomes ainda não tem data para estrear com a camisa colorada. De acordo com o próprio jogador, já está recuperado e aguarda apenas uma oportunidade de Mano Menezes. O Internacional entra em campo novamente na segunda-feira (22), às 20h, contra o Avaí, na Ressacada.

Foto: Divulgação/SC Internacional

 

Compartilhe essa notícia: