Ex-goleiro retornou ao clube na metade do ano para atuar no departamento de futebol. Foto: Reprodução/E.C. Juventude

O Juventude anunciou nesta quarta-feira (5) a saída do executivo de futebol Michel Alves. O profissional deixa o clube menos de três meses após sua chegada, confirmada no dia 7 de julho.

Ex-goleiro, Michel Alves foi jogador do Juventude de 2006 a 2008, além de passar pelo Inter em 2009. Após encerrar a carreira, em 2018, teve experiências como executivo de futebol do Cuiabá e superintendente do Guarani.

O profissional chegou ao Juventude com o objetivo de trazer reforços para a equipe na metade do ano, visando evitar o rebaixamento para a Série B. No entanto, os atletas contratados pouco acrescentaram. Michel Alves também foi criticado pela torcida por algumas declarações nas entrevistas após os jogos.

No comunicado à imprensa anunciando a saída do executivo, o Juventude informou que “as partes chegaram a este entendimento tendo em vista os possíveis cenários projetados para 2023”. O clube deve passar por uma grande reformulação para o próximo ano, desde a presidência, passando pelo departamento de futebol, comissão técnica e grupo de jogadores.

Compartilhe essa notícia: