A ordem no Grêmio é não desmerecer o Atlético Tucumán. Mesmo com a vantagem conquistada no jogo de ida, quando venceu os argentinos por 2×0, o tricolor prega respeito ao adversário na partida da Arena.  É o que defendeu o zagueiro Walter Kannemann, em entrevista coletiva. “Temos uma boa vantagem, mas ninguém assegura que o Grêmio vá se classificar na terça-feira”, analisou.

Antes de entrar em campo na Libertadores, o tricolor tem compromisso pelo Campeonato Brasileiro, contra o Fluminense, no Rio de Janeiro. É provável que Renato Portaluppi coloque um time reserva contra os cariocas, mas com a participação de alguns titulares.

O capitão Maicon, que recebeu o terceiro cartão amarelo na Argentina e está fora do jogo de volta, é cotado para o jogo de sábado. Outro jogador que tem uma escalação provável é Kannemann. Como está pendurado com dois cartões, é possível que Renato preserve o zagueiro para uma possível semi-final contra River Plate ou Independiente. Neste caso, aumentam as chances de ver o defensor iniciando a partida contra o Fluminense.

 

 

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio