O Internacional tinha uma missão complicada no confronto desta terça-feira (24) contra o 9 de Octubre. Apesar do nível do adversário ser muito inferior, qualquer deslize poderia servir de brecha para o Guaireña se classificar em caso de vitória sobre o Independiente Medellín. E o time de Mano resolveu não correr riscos.

Por mais que o Guaireña tenha empatado sua partida, Mano Menezes levou a sério a possibilidade da vaga ser definida pelo saldo de gols. O time dominou toda a partida com grande intensidade, mas ainda assim foi para o intervalo com o placar de 1 a 1. Já no segundo tempo, a estrela de Dourado continuou a brilhar e, com a expulsão de Becerra e um gol contra, o Internacional reagiu e ainda contou com um gol do menino Estevão para fechar a goleada.

Foi a primeira vez desde a chegada do Mano que o Internacional marcou mais que dois gols na mesma partida. Muitos podem pensar que a expulsão condicionou o placar, mas chama a atenção que os números de finalização e de acertos no gol foram exatamente os mesmos na primeira etapa que na segunda. E, se taticamente o time apresentou um repertório mais interessante, os jogadores também estavam numa noite de maior precisão: foram 10 chutes ao gol (de um total de 22).

O Internacional agora volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Na competição, o time está na 11ª colocação com quatro empates em sete partidas. O próximo desafio do Colorado é contra o Atlético Goianiense, na segunda-feira (30/05).

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Compartilhe essa notícia: