Em entrevista na Rádio Grenal, o médico do Grêmio, Dr. Paulo Rabaldo, explicou o problema que tirou Luan do jogo contra o São Paulo.

“Como já era sabido, o Luan apresentou um quadro de piora da fascite plantar. No treino, ele levou uma pancada no local e teve dor, sendo retirado inclusive da viagem. Se fez uma consulta com um especialista do Hospital Mãe de Deus e se chegou a um consenso de que o que se está fazendo é o melhor. Não existe um tratamento cirúrgico ou maneira mais invasiva de se tratar.”

Rabaldo completou detalhando que o jogador já apresentou uma melhora significativa na inflamação que prejudica os movimentos de Luan.

“Ele vem apresentando um quadro de melhora. Só o repouso durante 24 horas já melhorou bastante. Sabemos que esses quadros de fascite plantar são crônicos e repetitivos, ainda mais em atletas profissionais.”

Luan está há mais de 30 dias sem conseguir jogar. Especula-se, inclusive, que ele não consiga mais jogar em 2018.