Paraná e Titi terminaram este domingo (19) comemorando o título da categoria principal do Open Gaúcho de Futevôlei.  Ele venceram Matheusão e Juninho por dois sets a um na decisão. Para chegar à final, Paraná e Titi tiveram que vencer Vini e Rica. Enquanto Matheusão e Juninho enfrentaram Matheusinho e Danoninho na semifinal.

Na final, Paraná e Titi saíram na frente e venceram o primeiro set. No segundo set, Matheusão e Juninho não deixaram que o jogo acabasse antes da hora e empataram.

O set final decisivo começou disputado a cada ponto, chegando a 8×8. Só depois Paraná e Titi conseguiram abrir três pontos de vantagem, conseguindo deixar o placar em 11×8. Titi revela que sabia da dificuldade que encontraria.

“Eu falei no início do terceiro set, com o Paraná. Tudo na minha vida tem sido difícil, todas as conquistas têm sido difíceis, e hoje não vai ser diferente”, ele completou, elogiando os rivais. “Enaltecer muito o Juninho, lá de Itajaí, o Matheusão que é nosso atleta aqui do Rio Grande do Sul, que tá num excelente nível”, exaltou.

No final, a diferença foi variando entre três e quatro pontos até o ponto final, marcado de forma heroica por Titi.A bola foi cabeçada próximo a rede, Titi se esticou, conseguiu salvar e marcar o ponto que valeu o título e ficar no chão, sentindo cãibras, enquanto a torcida ia à loucura na It’s Esportes, na Zona Norte de Porto Alegre.

Ele contou que as dores começaram ainda no segundo set. “O último ponto eu não consegui nem comemorar, vou comemorar agora. Eu nem consegui ver se a bola foi dentro ou foi fora. Eu deduzi que tinha sido dentro quando a galera levantou e começou a invadir a quadra”, lembrou.

Passado o susto, Titi e Paraná foram só comemoração, os amigos deram um banho de água gelada nos vencedores e sobrou até para o nosso repórter Guilherme Paaz.

 

Foto: Renata Simmi/ RDC TV