As seleções peruana e uruguaia disputam hoje à tarde (29) na Fonte Nova, em Salvador, a última vaga para as semifinais da Copa América. O vencedor vai se juntar às seleções do Brasil, Argentina e Chile. As semifinais começam na próxima terça-feira, com Brasil e Argentina, no Mineirão.

Os uruguaios podem ser considerados favoritos. Afinal, se classificaram em primeiro lugar pelo Grupo C. Têm sete gols a favor e apenas dois contra. A dupla de ataque, Cavani e Luiz Suarez, estão entre os goleadores da competição, com dois tentos cada.

O meia Nandéz deve voltar ao time titular, no lugar de Lodeiro. E o jogador do Flamengo, Arrascaeta, deve começar jogando.

Já os peruanos entraram pelo critério de “melhor terceiro lugar”. E tentam se recuperar da goleada de 5 a 0, que sofreram para os brasileiros na fase de grupos. A seleção conta com o astro Paolo Guerrero, centroavante do Internacional de Porto Alegre, para passar para a próxima fase.

Os peruanos devem sofrer duas alterações para o confronto. O zagueiro Zambrano está recuperado de lesão, e Flores deve substituir Farfán, machucado.

Pela retrospectiva, os uruguaios venceram 12 dos 20 confrontos entre as duas seleções pela Copa América. A última conquista dos peruanos foi em 1949, quando venceram os uruguaios por 4 a 3 pelo torneio continental.

O último título da Copa América dos uruguaios foi em 2011. Já os peruanos se sagraram campeões da competição em 1975.

Reportagem: Agência Brasil

Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil