Depois de perder por 3×1 no Estádio Beira-Rio, o presidente do clube bahiano, Guilherme Bellintani, teve pressa para ir a público comentar sobre o primeiro gol feito pelo Inter, por Rodrigo Lindoso, ainda no primeiro tempo:  “Acho que há coisas que vão além de uma atitude proposital e prejudicam, que é incompetência e inabilidade para usar a tecnologia. Hoje foi mais um erro do VAR, o que vai manchando um instrumento importante para o futebol brasileiro. A gente defenderá sempre o uso da tecnologia. Dizem que há uma imagem 3D que foi usada para confirmar o primeiro gol. A gente clama que a CBF entenda que não é a tecnologia que irá resolver se as pessoas não estiverem preparadas”.
Em seu comunicado para a imprensa, Guilherme deixou claro a sua revolta contra o árbitro de vídeo, pois o gol havia sido anulado, mas o “VAR” validou: “Deixamos aqui nosso protesto, para que o Bahia não seja prejudicado, nem nenhum clube. Ou entendemos que a tecnologia tem de vir junto com o aprimoramento das pessoas, ou colocaremos um grande instrumento a perder”.
Foto: Felipe Oliveira/Bahia