O lateral-direito do Corinthians, Rafael Ramos prestará depoimento ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta terça-feira (31), a partir das 12h. O jogador será ouvido sobre o suposto caso de racismo envolvendo Edenílson, no dia 14 de maio.

O inquérito apura se o lateral cometeu ato de injúria racial ao chamar o colorado de macaco durante uma dividida de bola no segundo tempo. Os depoimentos são partes essenciais para entender o que aconteceu entre os jogadores. Edenílson será ouvido na próxima segunda-feira (06).

Relembre o caso:

No dia 14 de maio, Internacional e Corinthians se enfrentaram em partida válida pela Série A. Foi após uma dividida de bola no segundo tempo, que Edenílson foi procurar o árbitro relatando ter ouvido a injúria. O meia chegou a registrar o incidente na Polícia Civil e prestou o primeiro depoimento.

Ramos também prestou depoimento e foi preso em flagrante. O lateral foi liberado após pagar uma fiança de R$10 mil. O jogador responderá em liberdade, mas a PC abrirá inquérito para investigar acusação de injúria racial.

Foto: Reprodução/Instagram

 

Compartilhe essa notícia: