Renato Portaluppi fez questão de se posicionar sobre a polêmica entre Grêmio x River na Conmebol. O treinador, por óbvio, está do lado tricolor, mas lembrou que a entidade que comanda o futebol sul-americano tem a chance de mostrar que realmente mudou.

“A Conmebol tem a opção A e a opção B. A credibilidade dela ou não. Ou o Grêmio vai à final da Libertadores ou não.”

Em certo momento da sua coletiva, o técnico ponderou que podemos não presenciar um julgamento técnico e sim político.

“Se for um julgamento que não seja político, o Grêmio estará na final da Libertadores. Credibilidade a gente não compra, demonstra.”

Na saída do Estádio Independência, onde o Tricolor venceu o Atlético-MG por 1 x 0, outros jogadores também falaram sobre o caso.

Geromel confirmou estar bastante ansioso pelo resultado, Jael acredita que a exclusão do River seria o mais justo e Ramiro disse não confiar na Conmebol por tudo que eles já fizeram no passado com os clubes brasileiros.