Renato Portaluppi começou nesta sexta-feira o curso de técnico da CBF. Ele vai tirar a licença A para poder trabalhar regularmente.

Na sua turma, são 43 alunos. Durante os próximos 10 dias, Renato e todos os outros colegas terão aulas sobre psicologia no esporte, preparação física, treinamento de campo e legislação desportiva.

O curso completo, de 270 horas, é dividido entre 20 horas de Ensino à Distância (EAD), 50 horas de observação e acompanhamento de treinamentos, 30 horas reservadas para trabalhos e ainda outro módulo presencial.

Na próxima segunda-feira, o técnico Fabio Carille dará aula sobre treinamento de campo e na terça-feira Carlos Alberto Parreira será um dos professores.

Além do Renato, ainda tem Dorival Junior, Lisca e Gilson Kleina, entre os nomes conhecidos.