“Tem dia que é noite”, foi essa a primeira frase do técnico Renato Portaluppi na entrevista coletiva após a derrota do Grêmio, em casa, pela Libertadores.

Mesmo assim, o treinador garante que tem total confiança no grupo de jogadores.

“É o que eu digo: tem dia que é noite. Foi o que aconteceu hoje. Mas não é o fim do mundo. Eu conheço esse grupo e sei a capacidade de reação que esses jogadores têm. Vida que segue.”

Renato falou abertamente sobre algumas peças que não renderam o esperado.

“Não conseguimos jogar o nosso futebol tradicional. Algumas peças hoje não foram bem.”

O treinador explicou na entrevista que precisava tirar quatro ou cinco jogadores de campo ainda no intervalo. Como não era possível, mudou Vizeu por André para tentar mexer com o time.

Agora, o elenco retoma os trabalhos nesta quarta, às 15h30min, e o foco passa a ser no Gre-Nal, de domingo, na Arena.