Após a vitória que classificou o Grêmio para a Libertadores do ano que vem, a Conmebol usou o seu perfil no Facebook para parabenizar o tricolor.

As postagens dirigidas aos clubes que garantem vaga na competição têm sido rotina na redes sociais da entidade, que já havia feito o mesmo com Palmeiras, Inter e Flamengo.

Mesmo assim, a lembrança não foi bem recebida pela diretoria gremista.

Questionado sobre a homenagem, Romildo Bolzan disse que esperava que ela viesse acompanhada de um pedido de desculpas. “Por terem tirado o Grêmio da final”, afirmou o dirigente.

O presidente gremista voltou a falar sobre o erro de arbitragem no primeiro gol do River Plate, na Arena, quando a bola bateu na mão do atacante, mas o lance não foi flagrado pelo árbitro de vídeo, que não tinha acesso à imagem, já que não era da emissora que detém os direitos de transmissão.

Neste sentido, Romildo sugeriu que o VAR passe a ter acesso a todas as imagens das TV que estiverem no estádio.

Ele também lembrou a questão do técnico Marcelo Gallardo, que, mesmo suspenso, orientou a equipe e esteve no vestiário no intervalo da partida que resultou na eliminação do Grêmio.

 

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio