O Colorado disputará a terceira final da Copa do Brasil após 10 anos e espera acabar com o jejum de títulos. A última conquista expressiva do time foi o bicampeonato da Copa Libertadores de 2010. A aflição dos torcedores colorados aumenta pois esta cada vez mais próxima a possibilidade do Sport Club Internacional sair da fila de 27 anos sem títulos nacionais. O último foi, justamente, o da Copa do Brasil.

Em 1992, o jogo da final contra o Fluminense no Beira-Rio foi marcado por muito sofrimento e alegria. Aos 38 minutos do segundo tempo um pênalti foi marcado em Pinga pelo arbitro paulista Jose Aparecido de Oliveira e deixou 45.777 torcedores na expectativa. A última vez em que o Colorado havia conquistado o Brasil fazia 13 anos, em 1979, o Campeonato Brasileiro invicto, com Falcão.

Quem cobrou o pênalti foi Célio Silva, a sexta opção entre os cobradores do time, o jogador mais improvável estava com a decisão em seus pés. Ele bateu rasteiro, no meio do gol e marcou o gol da vitória.

Após a conquista de 1992, apenas em 2009 o time colorado foi novamente para a final da Copa do Brasil e dessa vez contra o Corinthians. O primeiro jogo foi no Pacaembu, com o placar de 2×0  para os paulistas. A partida de volta terminou 2×2, fazendo com que o Corinthians erguesse a taça no Beira-Rio.

Expectativa dos torcedores colorados com a primeira etapa da final da Copa do Brasil

Os torcedores estão confiantes que o Internacional será campeão, tanto que o clube bateu o recorde de sócios em toda sua historia batendo a marca de 126 mil associados. Os 2.300 ingressos disponibilizados para o torcedor colorado na Arena da Baixada foram esgotados rapidamente.

O jogo desta quarta-feira (11) entre Athlético x Internacional começar às 21h30 e ambos times já tem suas possíveis escalações para a primeira etapa da grande final.

Arte: Matheus Gomes

Arte: Matheus Gomes/ RDCTV

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se o internacional for campeão da Copa do Brasil, o clube pode fechar o ano com superavit, ou seja, arrecadar mais dinheiro do que suas dividas assim causando um grande alivio para as finanças. O vencedor ficara com R$52 milhões, R$2 milhões a mais comparado com o premio do ano passado.

 

Foto: Ricardo Duarte/ Inter