Após cinco dias do incidente na Barragem Mina Córrego, em Brumadinho, a Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, de Minas Gerais, reforçam as equipes de trabalho.

A partir de hoje (30), agentes de cidades próximas e de outros estados do país apoiarão as atividades na região.

A barragem rompeu no final da manhã de sexta (25) e as buscas por desaparecidos não pararam desde o ocorrido. Para o porta-voz do Corpo de Bombeiros, Pedro Aihara, a expectativa é de avanços ao longo do dia de hoje.

 

Buscas por desaparecidos

De acordo com o último levantamento já foram resgatadas 192 pessoas, mas ainda há 276 desaparecidas.

Já foram contabilizados 84 mortos, 42 deles identificados.

 

Rio Grande do Sul ajuda nas buscas

A Defesa Civil do RS e o Corpo de Bombeiros Militar do RS (CBMRS) estão à disposição para auxiliar nas buscas. O Estado colocou à disposição cinco equipes de cães de busca do CBMRS, com experiência neste tipo de caso.

 

Reforço na segurança

A Polícia Militar, de Minas, deslocou 400 policiais para a região rural de Brumadinho. O objetivo é que os agentes atuem para impedir saques nas casas que estão sem moradores.

 

Foto: Israel Defense Forces/ Divulgação EBC