A Guarda Municipal passou a atuar armada no final de fevereiro deste ano, quando a Prefeitura de Canoas entregou aos agentes as pistolas Taurus PT838 .380 adquiridas em 2017. Também no ano passado, agentes da Guarda Municipal (GM) realizaram capacitação para a utilização de armas de fogo. Ao todo, a cidade conta hoje com 60 guardas devidamente treinados e habilitados para a utilização e porte de armas.

Desde 2014, quando uma Lei Federal concedeu à Guarda Municipal o poder de polícia, o trabalho ostensivo da instituição passou a ser cada vez mais importante para a segurança do município. Nos primeiros sete meses desde que a GM de Canoas recebeu o armamento para o patrulhamento ostensivo, foram dezenas de prisões por furtos, roubos, tráfico de drogas, vandalismos, entre outros.

Nesta semana, a instituição atingiu a marca de 50 prisões realizadas na cidade desde que as armas passaram a ser utilizadas no cotidiano dos agentes. “Juntamente com as demais forças de segurança atuantes em Canoas, esse diferencial da Guarda da nossa cidade está auxiliando, cada vez mais, para a redução da criminalidade no município. Os números comprovam e é isso que queremos continuar buscando”, destaca o comandante da Guarda Municipal de Canoas, Eduardo Borges.

Em muitas dessas ocorrências de prisões realizadas pela GM, o apoio da tecnologia foi fundamental. “O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) conta com 188 câmeras de monitoramento que nos auxiliam no combate à criminalidade em todo o território do município. Essa tecnologia também é responsável pelo desfecho positivo da ocorrência, uma vez que o agente possui mais um apoio externo para a execução da ação”, comenta o subcomandante da Guarda, Jonatan Martins.

 

Investimento em segurança

Equipar, treinar e qualificar a Guarda Municipal é uma prioridade da Prefeitura de Canoas. Além das armas, a Administração municipal também investiu na compra de 45 viaturas para os órgãos de segurança atuantes na cidade e também na realização das chamadas Operações Integradas de Segurança.

Com tudo isso, o trabalho ostensivo da Guarda Municipal se qualificou e apresentou um resultado mais efetivo. Para o secretário da Segurança Pública e Cidadania, Alberto Rocha, o aumento na sensação de segurança do canoense se deve a um conjunto de fatores, entre eles o trabalho da Guarda. “A presença ostensiva dos agentes nas ruas inibe a prática de delitos por parte dos criminosos. Reforçar a estrutura dessa importante instituição é garantir o reforço na segurança pública. Temos controlado as estatísticas criminais, trabalhando para que os números diminuam cada vez mais”, reforça Alberto.

 

Dupla presa por furto

A mais recente ação da Guarda Municipal que culminou na prisão de dois homens foi no último domingo (7), na Praça da Bandeira, no bairro Centro. Através do monitoramento do CICC, os agentes observaram dois indivíduos tentando furtar uma bicicleta que estava cadeada no bicicletário.

A ação foi acompanhada pelas câmeras e os agentes do patrulhamento ostensivo foram recebendo as informações para efetuarem a ação. Foi no exato momento em que a dupla tentava quebrar o cadeado com barras de ferro que os guardas agiram, culminando na prisão em flagrante dos mesmos.

Os dois foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Canoas, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante pelo crime de furto qualificado. A dupla já contava com diversos registros no sistema policial nos mais variados delitos.

 

Fonte: Secom Canoas/RS