Usando um aplicativo de trocas de mensagens, um homem de 32 anos anunciou que “iria invadir uma escolar (na Região Metropolitana) e atirar em todo mundo”. É o que informa a Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Informáticos, após investigar e interceptar conversas do suspeito.

Ele foi preso ontem (09), por porte ilegal de arma de fogo e munições. Também foram apreendidos medicamentos e uma algema. A ação aconteceu em Cachoeirinha, no cumprimento de mandado de Busca e Apreensão, pedido pela Polícia Civil, após identificar manifestações de ódio (ameaça, apologia ao crime, entre outros) do suspeito, na internet.

Ainda de acordo com a Polícia, o preso já possuía antecedentes por posse de entorpecentes, ameaça e dano.

 

Foto: Polícia Civil/ Divulgação