O Secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Cezar Schirmer, visitou nesta sexta-feira, 13, a nova penitenciária de Porto alegre. Com pouco mais de um mês para a conclusão do projeto, a Capital Gaúcha vai ganhar mais 416 vagas no sistema carcerário. Segundo a Superintendência de Serviços Penitenciários (SUSEPE), o novo presídio vai receber apenas criminosos condenados pela justiça.

As obras iniciaram em dezembro do ano passado depois de uma permuta entre o Goveno do Estado e o Grupo Zaffari. O prédio, que abrigava a extinta Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), na avenida Praia de Belas, foi entregue para que o presídio fosse construído como contrapartida. A obra vai custar R$ 23,9 milhões de reais.

Hoje, o déficit no sistema penitenciário no Rio Grande do Sul gira em torno de 10 mil vagas. Segundo o secretário Cezar Chirmer, essas novas vagas não acabam com o problema da superlotação em presídios. Apesar disso, outras casas prisionais já estão em construção, como a de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, que deve receber 420 detentos.

 

Foto: Marceli Dutra