Foto: DICOM/TJRS

O Tribunal do Júri da Comarca de Novo Hamburgo condenou dois homens acusados de roubo e tentativa de homicídio contra quatro policiais militares de Novo Hamburgo. O roubo foi praticado em uma agência bancária, em que clientes e funcionários foram ameaçados.

Um dos réus, José Antônio Guimarães Bittencourt,  foi condenado a 7 anos e 6 meses por roubo e 8 anos e 7 dias pelas quatro tentativas de homicídio, totalizando 15 anos, 6 meses e 7 dias de prisão em regime fechado. O outro, Dielson Marques da Silva Ferreira, foi condenado a 6 anos de prisão por roubo e 1 ano de reclusão por resistência, totalizando 7 anos de prisão em regime semiaberto.  Ambos permanecem presos.

O julgamento, presidido pela Juíza Anna Alice da Rosa Schuh, foi realizado na última quarta-feira (2/8). Os fatos ocorreram em novembro de 2017.

Sobre o crime 

Conforme a denúncia do Ministério Público, os dois acusados, ao lado de comparsas, invadiram armados uma agência do banco Santander no centro da cidade, de onde levaram pelo menos R$ 33.450,00 em notas e mais um malote lacrado de dinheiro em quantia indeterminada – valores depois recuperados -, mediante ameaças a funcionários e clientes. Na sequência, ainda segundo o MP, saíram do local e passaram a disparar em via pública contra os policiais acionados para atender a ocorrência. Um terceiro réu já havia sido condenado pelo episódio.

Compartilhe essa notícia: