Agentes do Programa Segurança Alimentar RS fiscalizaram e autuaram nesta terça-feira (4) três estabelecimentos no município de Nova Araçá. Foi apreendida 1,5 tonelada de alimentos e produtos impróprios para consumo, que foram inutilizados.

Conforme autos expedidos durante a operação, produtos sem procedência, com a validade vencida, armazenados fora da temperatura indicada, de forma inadequada, além de alimentos estragados e/ou mofados. Um dos mercados teve a padaria interditada pelas péssimas condições de higiene. Ainda, foram apreendidas, de forma cautelar, embalagens de álcool 92,8° e soda cáustica.

Participaram da fiscalização o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar, Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, a promotora de Justiça de Casca, Ana Maria Dal Moro Maito, o promotor da Promotoria de Justiça Especializada Criminal de Porto Alegre Mauro Rockenbach, servidores do Gaeco – Segurança Alimentar, da Secretaria Estadual da Saúde, Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), Vigilância Sanitária Municipal de Nova Araçá, Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (Decon) e da Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram).

Compartilhe essa notícia: