A Polícia Civil prendeu quatro foragidos da Operação Android na manhã de quarta-feira, 25, no Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Segundo a Polícia uma das integrantes foi capturada em Palhoça, em Santa Catarina. Além dela, um casal foi encontrado em Novo Hamburgo e a última foragida foi apreendida em Capão da Canoa.

O delegado Vilmar Alaídes ressaltou que a prisão realizada em Palhoça contou com o apoio da Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Capturas que cumpriu o mandado de prisão preventiva. “A mulher foi identificada em ações nas cidades de Três Passos e Campo Novo. Ela é suspeita de auxiliar um homem integrante da organização criminosa que comandava o tráfico de drogas”, explicou.

Alaídes comenta que havia mandados de prisão temporárias contra o casal capturado em Novo Hamburgo. Por fim, o delegado relata que a mulher encontrada em Capão da Canoa era investigada por associação ao tráfico de drogas. Ela é suspeita de ajudar o companheiro que está preso no presídio de Carazinho.

Com mais estas quatro prisões, a Operação Android contabiliza 49 pessoas presas, entre os mandados de prisões expedidos e as prisões em flagrante realizadas no cumprimento das diligências. “A Polícia Civil segue em diligências a fim de capturar as três pessoas que seguem foragidas”, concluiu Alaídes.