Um dos suspeitos pela chacina realizada no dia 19 de julho em Porto Alegre foi preso na manhã desta sexta-feira (3), na Capital. A investigação já havia identificado e prendido outro suspeito na última terça-feira (31).

A Polícia Civil cumpriu 12 mandados de busca e apreensão na zona norte de Porto Alegre, realizando a prisão temporária de um suspeito pela chacina do dia 19 de julho no bairro Passo da Pedra.

“No curso das investigações, apurou-se que os agressores chegaram ao local dos fatos tripulando um veículo táxi da frota desta Capital, mas ainda não foi possível identificar quem seria o motorista e nem o automóvel utilizado. Os suspeitos já vinham sendo investigados pela 5ªDPHPP e foram apontados como autores de outros homicídios ocorridos na zona norte de Porto Alegre”, disse a delegada Luciana Smith.

A chacina do dia 19 de julho deixou sete mortos e uma pessoa em estado grave. O crime aconteceu em uma residência na rua Gregório Beheregaray Filho, no bairro Passo da Pedra, Porto Alegre. Apenas uma das pessoas, um dependente químico, era o verdadeiro alvo da ação. O restante das vítimas morreu por estarem por perto no local. As investigações continuam.

 

Foto: Polícia Civil/Divulgação