Estão abertas as inscrições para estudantes interessados em participar do projeto Quem Luta Não Briga da Prefeitura, que retoma as atividades presenciais no início de março. São 75 vagas, 25 em cada uma das três turmas, e podem se inscrever alunos das redes pública e privada de educação, de ensino fundamental, médio e superior. A idade mínima é de 7 anos, mas não existe idade máxima. Para entrar nos locais de treino, todos os alunos e acompanhantes devem apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19 em dia.

O projeto, criado em 2011 e que já atendeu milhares de jovens de Pelotas, oferece a prática do Taekwondo, modalidade esportiva de combate olímpico, de forma gratuita para a comunidade. Nesses 11 anos, formou faixas pretas e atletas que conquistaram títulos nacionais e internacionais.

Para facilitar o acesso, as aulas são oferecidas em dois locais – Núcleo do Colégio Municipal Pelotense, com início em 7 de março; e Núcleo da Escola Superior de Educação Física da Universidade Federal de Pelotas (Esef/UFPel), no dia 10.

As aulas serão ministradas pelo coordenador do projeto, Grão Mestre Rossano Diniz, Faixa Preta 6º Dan em Taekwondo, mestre em Educação Física pela Esef, com o auxílio de diversos faixas pretas formados pelo projeto. Ele diz que está ansioso para iniciar o trabalho, rever os alunos antigos e conhecer os novos. “Este ano será promissor, temos muitos eventos agendados”, comemora Rossano.

Dias e horários

As aulas no Pelotense serão às segundas e quartas-feiras, às 18h, para crianças de 7 a 11 anos e, nos mesmos dias, às 19h, para adolescentes a partir dos 12 anos e adultos. Na Esef, será apenas uma turma com aulas às quintas-feiras às 19h e aos sábados às 15h, para todas as idades.

Fonte: Prefeitura Municipal de Pelotas

Compartilhe essa notícia: