Os servidores municipais de Porto Alegre realizaram nesta terça-feira (31) o primeiro ato de protesto da greve que foi anunciada na última segunda-feira (30) pela categoria. A manifestação teve como objetivo o diálogo com o prefeito Nelson Marchezan Júnior.

O diretor-geral do Sindicato dos Municipários (SIMPA) Alberto Terres diz que a falta de diálogo do prefeito é o que obriga os trabalhadores a mobilizarem-se para que possam chamar a atenção para a gestão.

Os manifestantes reuniram-se em frente à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) por volta das 8h30 e de lá rumaram para o Hospital de Pronto Socorro (HPS) onde realizaram o abraço simbólico à instituição.

Às 11h30, aproximadamente, a segunda caminhada da noite foi iniciada na avenida Osvaldo Aranha. Os servidores seguiram em direção ao Paço Municipal para, mais uma vez, buscar o diálogo com o prefeito ou algum representante.

O Sindicato já havia tentado o diálogo com Nelson Marchezan ao fim do ano passado, quando realizou uma greve de quarenta dias. Porém, não foi atendida pela prefeitura.

 

Foto: SIMPA/Divulgação