Os trabalhadores rodoviários de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, entraram em greve na manhã desta terça-feira (31). Por conta disto os ônibus não circularam pela cidade. A paralisação da categoria acabou afetando outros setores da cidade.

Desde o início da manhã, mais de 40 mil pessoas que precisam utilizar o transporte público diariamente para ir trabalhar foram pegas de surpresa e ficaram sabendo que esta terça-feira seria dia de greve. Em pleno dia de semana alguns terminais e paradas de ônibus estavam vazios.

Os funcionários ficaram em frente às garagens Viação Futura e Viação Hamburguesa, no bairro Canudos. A categoria pede uma reposição salarial de 3,3% referente ao ano passado. O grupo ainda pede o aumento real de 2,5% para 2018.

Hoje à tarde houve uma reunião, mas ainda não se sabe o futuro da greve. O transporte intermunicipal não foi afetado.