Hoje (15), a concessionária de rodovias CCR Via Sul assumirá a Freeway.  A serviço prestado será no trecho da BR 290, que liga a capital ao litoral. Serão três bases de operação, nos quilômetros 78, 53 e 19, e duas praças de pedágio em Gravataí e Santo Antônio da Patrulha.

A CCR fica responsável pela da estrada, guincho e ambulância, pelos próximos 30 anos, tempo de duração do contrato com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT). Assim, o pedágio voltará a ser cobrado em algumas praças da rodovia.

A concessionária também será responsável pela administração das BRs 101, 386 e 448.

Na 386, será no trecho que liga a região metropolitana ao Vale do Taquari, no centro do Estado. A empresa será responsável pela duplicação da rodovia no trecho entre Lajeado e Carazinho, que liga a região central ao norte do estado. O trecho corresponde a quase 200km e vai ter a obra iniciada em fevereiro de 2021.

O prazo para a conclusão da duplicação é de 15 anos. Mas os primeiros serviços de manutenção das estradas concedidas, já começam a ser realizados a partir de março.

O valor a ser cobrado será de R$4,40, em Gravataí, no km 77. E de R$ 8,80, em Santo Antônio da Patrulha, no km 19, nessa última praça, o usuário só pagará uma única vez, pelos dois sentidos.

O reajuste é de 8,16%, que corresponde à variação do Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), no período, visando a recomposição das tarifas.

 

Foto: Divulgação CCR Via Sul

 

Leia mais

DNIT cancela bloqueio na Freeway neste fim de semana