Marcelo Bertoluci é o único advogado gaúcho a integrar a lista tríplice para desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Encaminhada ao presidente da República Jair Bolsonaro, Marcelo teve o maior número de votos entre os integrantes da Corte. A lista é composta por três advogados que concorrem à vaga do Quinto Constitucional destinada a profissionais da categoria. O gaúcho recebeu 24 dos 26 votos possíveis. Cada integrante podia votar em até três nomes para o pleito.

 

O advogado é doutor em Ciências Criminais e professor da Escola de Direito da PUCRS. Na primeira fase de votação ele conquistou 27 votos dos Conselheiros Federais da OAB, somando 100% do quadro votante.

Fonte: twitter @MMBertoluci

 

Os números finais da votação da lista tríplice ficaram desta maneira:

– Marcelo Bertoluci (Rio Grande do Sul) – 24 votos

– Alaim Stefanello (Paraná) – 15 votos

– Ana Cristina Blasi (Santa Catarina) – 14 votos

 

– Jane Bertoluci (Rio Grande do Sul) – 14 votos

– Cezar Eduardo Ziliotto (Paraná) – 7 votos

– Marco Vinicius de Carvalho (Santa Catarina) – 4 votos

 

O presidente do TRF4 chamou três desembargadores para formarem uma comissão responsável pela definição da lista tríplice. Eles analisaram os currículos dos candidatos e também aspectos gerais, como históricos pessoais e vida pregressa.

No primeiro escrutínio, cada desembargador federal votou, de forma aberta, em três nomes. Os candidatos receberam a maioria absoluta dos votos – caso contrário, haveria um segundo escrutínio, e, se necessário, novos escrutínios. No caso de empate, prevaleceria a antiguidade na inscrição na OAB, para critério de desempate. Se o empate persistir, o mais idoso teria preferência.

Agora cabe ao presidente Jair Bolsonaro decidir qual dos nomes ocupará o cargo de desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

 

 

Compartilhe essa notícia: