O candidato  ao governo do Estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, divulgou um vídeo em que reafirma que, caso vença a eleição, não privatizará o Banrisul. Na publicação, dirigida à “Família Banrisul”, o tucano ressalta que a venda do banco nunca esteve em seu plano de governo. “Mas diante de demanda que chegam de quem vem se somando a nós neste segundo turno, vou assumir um compromisso ainda mais claro: nós não encaminharemos o banco à privatização neste próximo governo”, afirmou.

Leite ainda ponderou que durante a campanha anterior prometeu não vender a Corsan, mas mudou de posição. No entanto, destaca a mudança da lei que estabelece o marco do saneamento, que o fez mudar de posição, o que, acredita, não acontecerá com bancos públicos.

No vídeo, o governador também crítica seu adversário, Onyx Lorenzoni. Segundo Leite, o rival pretende ter uma ingerência política que pode tirar a credibilidade do Banrisul. Leite ainda criticou a proposta de Onyx de utilizar a reserva do banco. “O resultado seria muito ruim, talvez até levando quebrar o banco”, ataca o candidato.

 

Compartilhe essa notícia: