Foto: TRE-MG

Em solenidade realizada pelo TRE-RS, neste sábado (29), a Vice-Presidente e Corregedora do Tribunal, Desembargadora Vanderlei Teresinha Kubiak, conduziu o ato de emissão da zerésima, documento gerado nas zonas eleitorais, antes do início da votação.

A zerésima (expressão que vem de “zero”, ou seja, nenhum registro) objetiva atestar que nenhum voto foi registrado na urna eletrônica, antes que os eleitores tivessem efetivamente começado a votar no dia das eleições.

Várias testemunhas estavam presentes no ato, como os representantes da Associação Nacional de Juízes pela Democracia e da OEA (Organização dos Estados Americanos, ligada à ONU).

O Presidente do TRE-RS, Desembargador Francisco José Moesch, comentou que o ato da zerésima é mais um exemplo da dimensão e complexidade de toda a estrutura mobilizada para as eleições e do esforço em todos os níveis para que as eleições transcorram com tranquilidade e segurança.

Após a emissão do documento, os presentes assinaram a ata referente ao evento, que também contou com a participação dos Desembargadores Eleitorais Caetano Cuervo Lo Pumo, Amadeo Buttelli e José Vinícius Japur; a Diretora-Geral do TRE-RS, Ana Gabriela Veiga; o Secretário da Corregedoria Regional Eleitoral, Rafael Gonçalves Nunes; o Assessor de Orientação Tecnológica, Luis Fernando Schauren; e o Assessor de Segurança da Informação, Ivo Netto.

Compartilhe essa notícia: