O fundador e presidente de honra da Embaixadores do Ritmo, Adolfo Giró, faleceu aos 87 anos na sexta-feira (25), no Instituto de Cardiologia. O carnavalesco foi internado há uma semana após ter um infarto.

Gustavo Adolfo Giró, um dos filhos de Adolfo, confirmou o fim da escola de samba após a morte do pai. Segundo Gustavo, o combinado era que quando o seu pai, único fundador vivo, falecesse a escola terminaria.

A Embaixadores do Ritmo foi fundada em 11 de fevereiro de 1950. Junto com a sua história e a escola de samba, Giró deixa a esposa Isaura, os filhos Gustavo e Kleber, além de netos, bisnetos e tataraneto.

O enterro foi na manhã deste sábado.

 

Foto: Nilveo Pereira Christiano