Dentro da programação da exposição Monumentos & Arte: a história da cidade em risco, a Secretaria Municipal da Cultura promove na quinta-feira, 26, entre as 14h e 16h, uma atividade de educação patrimonial voltada a deficientes visuais. Será uma visita guiada em que os participantes poderão tocar nas obras e ouvir explicações sobre os monumentos – bustos, estátuas, placas, peças recolhidas das praças, parques e ruas de Porto Alegre, em razão do vandalismo e tentativas de furto. O agendamento deve ser feito no Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo, telefone 51 3289.8274, com Márcia Bamberg ou pelo e-mail museu@smc.prefopoa.com.br

O objetivo da exposição é conscientizar para a importância da preservação dos monumentos públicos de Porto Alegre e propiciar aos deficientes visuais o conhecimento tátil deste acervo, uma vez que as obras de artes plásticas escultóricas também podem ser conhecidas pelo tato, pela manipulação.

O LdSM-UFRGS, Laboratório de Design e Seleção de Materiais da UFRGS, parceiro desta mostra, vai propiciar aos deficientes que toquem e conheçam o resultado tridimensional – impresso e esculpido eletronicamente – dos escaneamentos de monumentos que o Laboratório tem feito nestes últimos anos. O LdSM desde 2011 tem realizado o escaneamento de monumentos, o qual iniciou com a estátua do Laçador.

 

Visita guiada a deficientes visuais – exposição sobre monumentos vandalizados

Quinta-feira, 26, das 14h às 16h.
Local: Memorial do RS, Praça da Alfândega
Na Sala Multiusos, com a Exposição Monumentos & Arte: a história da cidade em risco
Agendamento – Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo
3289.8274, com Márcia Bamberg
museu@smc.prefopoa.com.br

A exposição Monumentos & Arte: a história da cidade em risco segue aberta ao público até 29 de setembro, de terças a sábados, das 10h às 18h, e domingos e feriados, das 13h às 17h.
Outras Informações: José Francisco Alves, Coordenador da Memória Cultural da SMC: 99984-4689 e Fábio Silva, Professor-pesquisador do LdSM-UFRGS: 99824-0367

 

Reportagem: Cleber Saydelles/PMPA

Foto: Nilton Santolin/Especial SMC PMPA