Um projeto ousado, capitaneado pela ONG WWF Brasil, quer criar uma trilha pela Mata Atlântica, saindo do Parque Nacional dos Aparados da Serra, no Rio Grande do Sul e chegando até o Parque Estadual do Desengano, no Rio de Janeiro. O traçado engloba diversos pontos de turismo e preservação ambiental.

A ideia surgiu em 2012, no Congresso de Unidades Brasileiras de Conservação. Na época, seria uma trilha de 2 mil quilômetros, batizada de Caminho da Serra do Mar. De acordo com a organização do projeto, o conceito parte do entendimento que trilhas de longo curso são boas estratégias de estímulo a atividades econômicas sustentáveis.

Segundo a página da iniciativa, o caminho está sendo construído com a participação de diversos voluntários, indicando um traçado que vai seguir por toda a cadeia montanhosa da Serra do Mar, no Rio, e conectar trilhas e travessias (muitas já existentes), como algumas de Florianópolis, em Santa Catarina, do Caminho de Itupava, no Paraná, e a TransPetar, em São Paulo, totalizando mais de 3 mil quilômetros.

A inspiração é o Appalachian Trail, que liga mais de 90% das unidades de conservação nos Estados Unidos. A trilha brasileira vai passar por mais de 70 cidades.

 

Foto: Reprodução/ Facebook